• Mayara Nunes

10 de Dezembro: Dia Internacional dos Direitos Humanos


Muitos se sentem aflitos com os rumos que o mundo está seguindo. Movimentos extremista ganham força. A violência ganha as ruas, pessoas são perseguidas e expulsas de seus países. Assistimos inúmeros casos de violência de gênero, LGBTQfobia e racismo.


As mudanças climáticas aumentam a nossa preocupação e instabilidade. Valores humanos estão sendo atacados e isto nos deixa ansiosos e inseguros em relação ao nosso futuro.


A Declaração Universal principia reconhecendo que "a dignidade é inerente à pessoa humana e é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo". Além disso, declara que os direitos humanos são universais independentemente de cor, raça, credo, orientação política, sexual ou religiosa.

A Declaração Universal inclui direitos civis e políticos, como o direito à vida, à liberdade, liberdade de expressão e privacidade. Ela também inclui os direitos econômicos, sociais e culturais, como o direito à segurança social, saúde e educação.


O dia de hoje é um lembrete dos direitos que devemos assegurar e defender. A Declaração Universal dos Direitos Humanos está acima de qualquer governo ou liderança política. Os representantes eleitos devem zelar por esses direitos e não ataca-los em prol de regimes totalitários e excludentes.


Nós do Instituto das Irmãs da Santa Cruz defendemos a justiça social e a liberdade acima de tudo. Desejamos e lutamos para viver mais profundamente o chamado do Evangelho por justiça e não violência no contexto de nossa realidade global.



1 visualização

©2017 por Agência FAZERCOM -  Gestão em Comunicação.

Siga a Congregação das Irmãs da Santa Cruz

FALE  CONOSCO

 (11) 5631-0478 | 5631-0517

R. Antônio Furlan Júnior, 127 (portaria 15) - Vila São Pedro - 04676-020 - São Paulo, SP 

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle