Alfred Bessette nasceu no dia 9 de agosto de 1845. Embora, tivesse uma saúde frágil e escolaridade limitada, foi aceito e ingressou para a Congregação da Santa Cruz em 1870, adotando  o nome de Irmão André.

Foi porteiro em uma das escolas da Congregação, no Colégio Notre Dame, em Côte-des-Neiges, Québec.

 

Cumpriu esta função por 40 anos e também fez muitos trabalhos em prol da comunidade local.

Desde muito jovem expressava enorme devoção e imensa generosidade, a ponto de ser apresentado para a Congregação da Santa Cruz, em Montreal pelo pároco de sua comunidade.

Ele cultivava uma grande devoção por São José e, entre os doentes e aflitos, se dedicava a promover e a recomendar esta prática devocional ao santo.

 

Com isso, as pessoas começaram a manifestar que eram curadas graças às fervorosas orações do religioso.

 Logo a sua fama se espalhou, tornando-o conhecido como o "Milagroso Homem de Montreal".

​Mas, por causa destes milagres, o religioso sofreu muitas críticas. Entretanto, as comprovações de curas inexplicáveis atribuídas às suas súplicas devocionais a São José, tornaram-no popular e aclamado na região.

Em 1904, Irmão André fundou o famoso Oratório de São José do Monte Royal. Em 6 de janeiro de 1937 fez a sua páscoa para junto de Deus.

Até hoje, seu coração é preservado numa relíquia dentro do oratório de São José. 

 

Em 23 de maio de 1982, foi beatificado pelo Papa João Paulo II e, em 17 de outubro de 2010, tornou-se Santo André Bessette, pela canonização do Papa Bento XVI.

​CLIQUE AQUI e leia mais sobre a história de Ir. André.