• Mayara Nunes

SUSSURROS DE UMA ESTRELA SOLITÁRIA

Texto| Irmã Eleanor Catherine Snyder | CSC

Sabemos que lá em cima da gente

Existe uma explosão de estrelas cintilantes

Que apagam suas faces

Com tantas luzes artificias,

Somente uma estrela “Dalva”

Não se deixa se apagar.


Este delicado e tímido raio de luz.

Sussurrou em meu ouvido, me tocou, me inspirou e questionou...

Será mesmo ai na terra não existem escondidas, milhões, bilhões...

De estrelas viventes?


As vezes com a visão excelente

Somos cegos e indiferentes

De não perceber, apreciar, se contagiar.

Por tanta estrela cadente, estrela gente...


Espalhando sua infinita bondade

Irradiando uma gentil solidariedade.

São vários tipos, jeitos surpreendentes

Basta olhar, apreciar...se contagiar.

Assim, mesmo das luzes celestiais privados...

Sejamos, então, uma cidade, país, um mundo

Verdadeiramente iluminados.



0 visualização