• Mayara Nunes

Rede Rua em parceria com o IISC oferece bagageiro para a pop rua em São Paulo


A Chapelaria Social é um projeto sonhado há bastante tempo, devido a escuta das reais necessidades da população em situação de rua, esta era uma das grandes demandas, a oportunidade de ter um local seguro para a guarda de pertences.


Em 2017, a concretização desse serviço veio através do apoio do Instituto das Irmãs da Santa Cruz.


Inicialmente foram ofertados 84 compartimentos de bagagem, sendo 68 para uso permanente e 16 para utilização diária que, ao perceber o aumento da procura por vaga fixa e com o objetivo de atender a esta demanda, logo foram incorporados à modalidade “fixo”.


No início a procura pelo serviço foi bastante tímida, porém não demorou muito para que todos os armários estivessem ocupados.


“O modelo de atendimento adotado pela Equipe da Chapelaria Social é diferenciado e bastante dinâmico. O acesso ao espaço onde ficam os armários é feito individualmente e com o acompanhamento de um dos membros da equipe, isso garante privacidade ao atendido e segurança aos seus pertences, além disso a posse da chave é exclusiva de quem utiliza o compartimento de bagagem”, explica Andreza do Carmo, coordenadora do projeto.


A Chapelaria também conta com outras atividades de inclusão à pop rua. Os atendidos recebem serviços de assistência social, psicologia coletiva, contatos telefônicos, entrega de correspondências, comprovante de endereço e computadores para acesso à internet.


Entre as atividades desenvolvidas para o público assistido estão o cine pipoca, curso de velas e sabonetes artesanais, oficina de artesanato e o “dia de convivência” que tem uma programação especial durante todo o dia, com atividades integrativas, comemoração dos aniversariantes do mês e café da manhã.


Outro serviço de grande relevância é a “Oficina de Curriculum”, que visa dar maior segurança aos candidatos a uma vaga de emprego no mercado formal.


“Para se ter uma ideia, das 208 pessoas referenciadas na Chapelaria Social, 20 participaram de 4 processos seletivos sendo que 3 já estão trabalhando e podem já pensar numa retomada plena de suas vidas.


A oficina de Curriculum oferece foto 3x4, criação de e-mail, formatação e impressão de curriculum atualizado e encaminhamento à vagas com o perfil do participante”, conta Cleofas Borges, coordenador da Chapelaria.


Em setembro de 2018, a Chapelaria Social teve 622 pessoas acessando os serviços e resultados obtidos como, retorno ao convívio familiar, encaminhamentos para tratamentos médicos com a colaboração do Consultório de Rua e reinserção no mercado de trabalho têm sido animadores. Para conhecer o espaço, basta se dirigir à Rua Campos Salles, 88 no Brás. A Chapelaria Social funciona de 2ª à 6ª de 7h30 às 14h00, (exceto feriados)


Texto | Mayara Nunes

Revisão Editorial | Fabiano Viana

27 visualizações