• Mayara Nunes

Missa de 7º dia em memória das vítimas do incêndio no Centro de SP


No dia 7 de maio, na Igreja de Santa Efigênia, no Centro de São Paulo, o Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer, presidiu uma celebração Eucarística que fez memória às vítimas do incêndio do prédio Wilson Pães de Almeida, no Largo do Paissandú, na capital paulistana.


A tragédia, marcada por um violento incêndio seguindo do desabamento do prédio, aconteceu na madrugada do último 1º de maio e ceifou a vida de adultos e crianças.

Além disso, deixou dezenas de famílias desabrigadas que ocupavam, aproximadamente, há seis anos este imóvel que estava abandonado e pertencia ao Governo Federal.


Irmã Elizângela Matos, da Congregação das Irmãs da Santa Cruz e coordenadora da Pastoral da Mulher Marginalizada Nacional - PMM esteve presente na missa de 7º dia e levou a solidariedade da Congregação.


A Congregação das Irmãs da Santa Cruz repudia qualquer criminalização das famílias e dos Movimentos legítimos de luta pela moradia, como vem ocorrendo por meio das notícias veiculadas e em pronunciamentos de governantes e da sociedade civil.


Por ocasião desta tragédia e para marcar a memória das vítimas, como também, chamar atenção para a sensibilidade às vidas humanas, Irmã Eleonor Snyder fez uma poesia.


7° Dia

O Prédio Wilson Pães de Almeida:

Pegou fogo.

Desabou,

O mundo todo chorou.


Para vocês, sobreviventes,

Consolo.

Esperança.


Pelo querid@s falecid@s,

Paz Eterna.


Aos colaboradores e bombeiros,

Gratidão.

Admiração.


Para todos nós,

Meditação.

Interrogação.


No dia a dia

Na casa,

Na rua

Com a dor dos outros,

Somos sensíveis?

Compassivos?

Ou desinteressad@s?

egocêntric@s?

Em fim, somos solidári@s?


Desde as cinzas, este trágico fogo,

Acende em todo o povo,

Olhos mais sensíveis,

Mãos mais generosas,

Corações mais compassivos.


VIDAS MAIS SOLIDÁRIAS!


(Irmã Eleanor Snyder)

0 visualização