• Mayara Nunes

Irmã Eleanor Snyder reflete sobre o relatório “Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil” - 2019


Depois de ler o Relatório “Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil” – Dados de 2019, publicado pelo CIMI, Conselho Indigenista Missionário, senti um impulso e uma revolta que prorromperam em lágrimas, expressão de


G R I T O S A N G U S T I A D O S :


COMO? POR QUÊ? NÃO É POSSÍVEL!...


... que neste País tão maravilhoso, de gente gentil, hospitaleira, solidária, de tanta bondade e fé... Terra de beleza e fartura, natural e cultural...

... haja ao mesmo tempo lado tão sinistro, de desenfreada iniquidade e prepotência, manifestando-se em múltiplas maneiras! Lamentavelmente, estou ciente da existência de demasiados exemplos que enfatizam esse lado obscuro de desigualdade, injustiça e violência por todos os lados.

Porém, meu foco neste momento é a realidade trágica dos nossos povos originários desta Terra abençoada. Desde a invasão inicial e até hoje, continuam sendo invadidos, dominados e desrespeitados. Por isso, continuo:


COMO? POR QUÊ? NÃO É POSSÍVEL!


Difícil mesmo, resumir, sintetizar tão chocante realidade... Porque é verdadeiro escândalo!

O Relatório presta contas de casos rigorosamente confirmados, acompanhados e relatados pelo CIMI, assim analisados e classificados:

· Capítulo 1: Violência Contra o Patrimônio – Omissões de regularização de Terras, Conflitos, Invasões, Exploração Ilegal, Danos de Contaminação: 27 Estados, com total de 103 casos.

· Capítulo 2: Violência Contra a Pessoa – Abusos, Invasões, Ameaças, Assassinatos, Lesões corporais, Dolosas, Racismo e Discriminação étnico-culturais, Violência sexual: 20 Estados, total de 276 casos.

· Capítulo 3: Violência por Omissão do Poder Público – Desassistência Geral, Educação, Saúde, Disseminação de bebida alcoólica, drogas, Mortes por Desassistência de Saúde: 19 Estados, total de 267 casos.


Mortalidade na Infância: 20 Estados, total de 825 casos.


Suicídios: 14 Estados, total de 133 casos.


Repito:


COMO? POR QUÊ? NÃO É POSSÍVEL!


Ao mesmo tempo em que, escandalizada e compadecida, me solidarizo com tantas vítimas, minhas irmãs e irmãos, sinto igual indignação, repúdio, vergonha, descrédito pelas pessoas, grupos, políticos ou não, perpetradores de tantos crimes.

Todavia estes e estas são também nossas irmãs e irmãos, queiramos ou não, vítimas de um vírus mais letal que qualquer outro: seu nome é “capitalismo”! Virus perverso, porque invade o coração de carne e o transforma em coração de pedra!


COMO? POR QUÊ? NÃO É POSSÍVEL!


Irmã Eleanor Snyder csc.


Congregação Irmãs da santa Cruz

19 visualizações0 comentário

©2017 por Agência FAZERCOM -  Gestão em Comunicação.

Siga a Congregação das Irmãs da Santa Cruz

FALE  CONOSCO

 (11) 5631-0478 | 5631-0517

R. Antônio Furlan Júnior, 127 (portaria 15) - Vila São Pedro - 04676-020 - São Paulo, SP 

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle