• Mayara Nunes

IISC viabiliza guarda de pertences para população em situação de rua, em São Paulo

A chapelaria social é uma iniciativa da Associação Rede Rua, que a há dois anos é contemplada pelo investimento social do Instituto das Irmãs da Santa Cruz (IISC). O projeto apoia indivíduos em situação de vulnerabilidade social garantindo o direito a um local seguro e digno para a guarda provisória de pertences.


O projeto é pioneiro no assistencialismo à pop rua. Ter um local seguro para guardar documentos, lembranças afetivas, cobertores, roupas, entre outras coisas relacionadas a esta população é algo inovador na cidade de São Paulo, e responde a uma demanda que há muito tempo é ansiada por quem vive nas ruas.

Segundo Andreza do Carmo, coordenadora da Rede Rua, o IISC desempenhou um papel determinante para a realização da ação, apoiando desde da implantação e design da proposta, até a continuidade e expansão do projeto. “Fortaleceu a ação e ofereceu estrutura para o desenvolvimento”, afirma a coordenadora.


Andreza conta que com o atendimento ofertado pela Chapelaria notou-se uma grande mudança na vida dos usuários que usufruem do espaço. “O fato de possuir uma chave, ter um local em que podem minimamente organizar seus itens pessoais, não ter seus pertences furtados, nem ter que andar com grandes volumes e poder planejar sua rotina gerou grandes impactos, como por exemplo, a retomada da autoestima, motivação para se engajar em novas rotinas, construção de vínculos comunitários. E também, a retomada de vínculos familiares, a organização de uma rotina para além da situação de rua, a organização para a busca de emprego, entre outros”, destaca.


A Chapelaria Social também conta com um espaço de convivência, atendimento sócio assistencial, biblioteca, bazar comunitário, oficinas de geração de renda, rodas de conversa e atividades educativas. O espaço reconhece que a acolhida integrada ao trabalho social e pedagógico é fundamental para a busca do processo de saída das ruas.


Texto| Mayara Nunes



0 visualização