• Mayara Nunes

“Eis-me aqui, enviai-me!”: A descoberta e os caminhos da vocação religiosa

Como saber identificar o chamado? Descobrir se a hora é certa? Como encontrar a sua vocação? Perguntas que permeiam a cabeça de muitas pessoas que buscam se aproximar dos ensinamentos de Cristo e conhecer um pouco mais os caminhos da vocação religiosa.


Vocação é um chamado de Deus, mas não é um chamado passivo. Ele chama e espera um retorno. Vivemos em busca de sentido, de respostas. Questionamentos e dúvidas são características inerentes aos seres humanos e o que nos diferencia de outras espécies. A ideia de se aproximar de Deus através do exercício da missão religiosa de doação, entrega e fraternidade ajuda na descoberta dessas respostas.

Para entendermos mais sobre vocação, precisamos voltar no tempo, lá no momento do nosso batismo: foi assim nosso primeiro contato com o chamado divino. Depois, na Primeira Comunhão e Crisma. Muitas vezes são nesses encontros que acontece o despertar para a missão, um contato mais próximo com a palavra de Deus e o início do discernimento e busca pela trilha de Cristo.


Mas muitas vezes é difícil discernir o chamado e compreender se realmente Deus tem um plano para nós. O entendimento do chamado de Cristo pode vir através de mediação, já que não vemos nem ouvimos o chamado diretamente. Para entender os sinais é possível contar com o apoio de uma leitura específica, uma conversa, um contato com alguma miséria humana que o faça despertar para um engajamento.


“Respondeu-lhes Jesus: ‘Se queres ser perfeito vai, vende o que possuis, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no céu; depois vem e segue-me'" (Mt 19,21). Nessa passagem da Bíblia conseguimos ter uma dimensão do que é ser discípulo de Jesus.


Para que aconteça a entrega total, é necessário abrir mão de uma vida de “eu" para uma vida de “nós “, abrir mão de sentimentos mundanos e apegos materiais para viver em comunidade, compartilhar tudo em fraternidade, afinal, todos são irmãos.


Não conseguimos fazer nada sozinhos nessa vida. Portanto, em momentos de dúvidas e questionamentos, reflita e busque orientações. Se você é uma dessas pessoas que estão em busca de encontrar respostas, aja com consciência na busca pelo caminho de Cristo: vá ao encontro de orientações e conselhos, leia muito, converse com quem já vive em missão. A resposta chegará se você se mostrar ativo e esforçado em encontrá-la.


Texto| Marina Ferreira

11 visualizações

©2017 por Agência FAZERCOM -  Gestão em Comunicação.

Siga a Congregação das Irmãs da Santa Cruz

FALE  CONOSCO

 (11) 5631-0478 | 5631-0517

R. Antônio Furlan Júnior, 127 (portaria 15) - Vila São Pedro - 04676-020 - São Paulo, SP 

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle